Polícia Ambiental apreende palmitos extraídos no Parque Nacional do Caparaó

Foto: Divulgação PMAES.

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental constatou a extração ilegal de palmito na área do Parque Nacional do Caparaó, na manhã desta sexta-feira (15). Os policiais atenderam a uma solicitação do agente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), relatando o fato. Ao todo, 12 quilos de palmito foram apreendidos.

Durante a abordagem a um dos suspeitos, um homem de 53 anos, morador na região, confessou a extração. Ele apresentou uma mochila com oito unidades de palmito, fracionadas em vinte e três partes, pesando aproximadamente 12 quilos. Os palmitos foram apreendidos pelos militares.

Durante a abordagem, a PMAES tomou conhecimento de um segundo envolvido, um homem de 65 anos, que supostamente estaria com uma pequena quantidade do palmito, também extraído irregularmente.

Todo o palmito apreendido foi entregue na Delegacia de Ibitirama, juntamente com o suspeito.

Saiba mais

O Parque Nacional do Caparaó é uma Unidade de Conservação Federal, o que proíbe pesca, caça e extração de plantas dentro dos limites do parque. Por ser uma árvore ameaçada de extinção, a extração do palmito-juçara é proibida por lei, conforme a Polícia Ambiental.

Siga, Curta e Compartilhe:
error