PC prende condenado a 15 anos de prisão por homicídio em Dores do Rio Preto

A Polícia Civil de Guaçuí prendeu, nesta quinta-feira (1), Júlio César Mendonça da Silva, vulgo Piloto, de 30 anos, condenado por matar, a golpes de paulada, Clarindo Araújo da Silva, de 26 anos. Júlio César foi localizado e preso em Dores do Rio Preto.

Segundo a PC, o crime aconteceu em 2014, em Guaçuí. Na ocasião, Piloto confessou o crime, afirmando que matou porque estava sendo traído pela mulher com Clarindo há três meses. Antes do fato o condenado e a vítima eram amigos.

A princípio a morte de Clarindo foi tratada como acidente de trânsito. Contudo, a PC suspeitou de alguns indícios encontrados no local do suposto acidente e começou a investigar.

Após ser detido, Júlio contou como cometeu o crime. Ele esperou a vítima em um lugar onde havia porteira, que estava fechada. Para abrir a porteira, Clarindo desceu da moto, sendo atacado por pauladas, desferidas pelo condenado.

Piloto ainda arrastou a vítima, desacordada, até um córrego, onde o deixou de cabeça pra baixo. Em seguida, ele fugiu para o sítio de parantes em Ibitirama.

Piloto estava trabalhando em Dores do Rio Preto. Uma equipe da Polícia Civil descobriu, foi até o local e realizou a prisão.

Siga, Curta e Compartilhe:
error