Era golpe! Menor furta mulher que comprava bala pra ajudar

Duas mulheres procuraram a Polícia Militar nesta segunda-feira (2) informando que haviam sido roubadas por um menor que vendia balas.

Uma das vítimas relatou que elas foram abordadas por um adolescente, de 16 anos, dizendo precisar do dinheiro da venda dos doces para conseguir almoçar.

As duas se apiedaram da situação e ao doar R$ 2, valor do doce, o menor tomou R$50 das mãos da vítima e fugiu. O suspeito não foi localizado durante as buscas.

Segundo a Polícia Militar o adolescente vem sendo atendido pela Assistência Social da cidade.

A Polícia Militar orienta:
Além de adultos pedindo dinheiro nos semáforos e pontos comerciais, outra preocupação da Polícia é com as crianças e adolescentes. Assim, ninguém deve dar dinheiro para os pedintes nas ruas, a pessoa pode até achar que está ajudando, mas isso acaba incentivando ainda mais que fiquem nas ruas e a prática de possíveis explorações de crianças.

Segundo a PM, a maioria dos pedintes acabam gastando o dinheiro conquistado com drogas e bebidas alcoólicas, o que acaba os levando para outros caminhos, como o crime e a prostituição.

Qual a melhor maneira de ajudar? O ideal é encaminhar o pedinte às entidades de assistência social do município, como CREAS, CRAS, CAPS ou Conselho Tutelar, quando menores.

A pessoa que for abordada ou ver pedintes deve ligar para o serviço de atendimento da Prefeitura ou informar a própria Polícia Militar em casos de abusos ou crimes.

Recentemente foi realizado uma operação de fiscalização a bares identificando os locais com maior permanecia adultos e crianças em vulnerabilidade social e caso necessário a pessoa assistida pôde ser atendida em uma das unidades de assistência social do município.

Siga, Curta e Compartilhe:
error