Duas armas são apreendidas após confronto armado de gangues dos bairros Lagoa e Robertos Mentes em Guaçuí

Foto: Divulgação PMES.

Uma arma de fabricação caseira, calibre 12 e uma garrucha, calibre 22 foram apreendidas na madrugada deste domingo (10), no beco Roberto Mendes, em Guaçuí. As armas teriam sido usadas em um confronto armado entre gangues do beco e do bairro Lagoa, ocorrido na manhã de sábado. Durante a apreensão, uma mulher de 21 anos e uma menor de idade foram conduzidas à Delegacia Regional de Alegre.

Segundo a Polícia Militar, uma equipe da Força Tática do 3º Batalhão de Alegre se dirigiu para Guaçuí após saber que na manhã de sábado dois moradores do beco Roberto Mendes se dirigiram à Lagoa, no Bairro São Miguel, e realizaram disparos de arma de fogo em revide aos disparos ocorridos instantes antes no bairro onde moram.

Durante o patrulhamento, a guarnição recebeu denúncias de que haviam homens armados no alto do pasto, acima do campo, no beco Roberto Mendes. Estas pessoas, ainda segundo as denúncias, estariam se preparando para realizar outro ataque na Lagoa.

Diante das informações, foi montada uma ação de reconhecimento, onde militares entraram por um pasto que dava acesso ao local onde os suspeitos armados estariam.

Ao serem abordados, três suspeitos conseguiram fugir, permanecendo no local apenas a mulher L. A. M. A., de 21 anos, em posse de uma garrucha, calibre 22, e a menor, de 15 anos, com uma arma de fabricação caseira, calibre 12.

No local foram também foi apreendido dois aparelhos celulares, uma munição calibre 22 e quatro munições calibre 12.

O delegado responsável pelo caso, Dedier de Carvalho, informou que a adolescente foi entregue à mãe e responderá por ato infracional análogo ao crime de porte ilegal de arma de fogo. Já L. A. M. A., foi presa em flagrante por crime de porte ilegal de arma de fogo, sendo que ela pagou fiança no valor de R$350 e foi liberada.

Siga, Curta e Compartilhe:
error