Drogas e remédios usados para aumentar volume de entorpecentes são apreendidos no Bilau em Alegre

Foto: Divulgação.

A Polícia Militar apreendeu entorpecentes e remédios na casa de H. do V. R., de 20 anos, suspeito de tráfico de drogas em Alegre. A apreensão aconteceu no bairro Bilau, na manhã desta quinta-feira (25), e faz parte da Operação Tiradentes III, que abrange todo o território nacional.

Durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão a PM encontrou na casa do suspeito três frascos vermelhos de fermento contendo cocaína, uma bucha pequena de maconha e uma pedra de crack.

Também foi encontrado no quarto do suspeito diversas cápsulas de comprimidos “Multigrip” vazias que, de acordo com os militares, são usados para aumentar o volume de entorpecentes para a venda, e uma cartela de comprimidos de Amoxicilina, além de seram usadas para o aumento da carga de drogas, o remédio proporciona um efeito anestésico no usuário.

Três celulares de origem suspeita também foram apreendidos.

H. foi localizado na casa da namorada. Em sua mochila continha uma bucha de tamanho médio de maconha e um celular.

O suspeito foi detido e encaminhado à Delegacia Regional de Alegre, juntamente com o material apreendido.

Operação Tiradentes III

Foto: Divulgação.

A Operação Tiradentes III envolveu todas as Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares do país, com o objetivo de implementar ações de segurança ostensiva e aumentar a sensação de segurança nos estados da Federação.

As diretrizes da megaoperação foram propostas após reunião realizada pelo Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Instituições Militares dos Estados no início do mês de abril.

No Espírito Santo, a coordenação das ações ficou a cargo do comandante-geral da PMES, coronel Moacir Leonardo Vieira Barreto, que destacou o empenho de todo o efetivo para abordagens a pessoas suspeitas; automóveis; motocicletas; ônibus e veículos de transporte de cargas; além da realização de cercos táticos; cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão; e ainda saturação policial em locais de alto índice de violência e tráfico de drogas.

A operação, que aconteceu nos 78 municípios do Espírito Santo, terminou na manhã desta quinta-feira (25).

Siga, Curta e Compartilhe:
error