DNA confirma ser Jonas Amaral homem encontrado morto em zona rural de Pedra Menina

No fim da tarde desta sexta-feira (5), a Polícia Civil divulgou que o exame de DNA, realizado no corpo encontrado na zona rural de Pedra Menina, em Dores do Rio Preto, é mesmo de Jonas do Amaral. Ele estava desaparecido desde a noite em que agrediu brutalmente sua namorada Jane Cherubin.

O delegado titular da Delegacia de Dores do Rio Preto, responsável pelo caso, José Maria Simão, destacou a celeridade da Polícia na realização dos exames periciais e de DNA. “Estávamos empenhados em identificar o corpo. O resultado dos laudos e do DNA saiu antes mesmo do previsto”, destacou.

Com previsão de 30 dias para ficar pronto, o resultado do exame de DNA foi concluído em apenas 10 dias.

Também esta semana, o resultado do laudo cadavérico apontou como causa da morte asfixia mecânica por constrição do pescoço. “Pelo exame das partes remanescentes do cadáver, não foi evidenciado qualquer sinal ou vestígio de ação violenta e a ausência de quatro elementos dentários se deu após a morte. Com respaldo nesse laudo, o caso é tratado como suicídio’ relatou o delegado.

Ainda segundo José Maria Simão, o laudo detalha que os dentes caíram de maneira natural. Descartando qualquer hipótese de agressão.

Diante dos fatos, o caso será encerrado.

Siga, Curta e Compartilhe:
error