Dentes que faltavam caíram após a morte, aponta laudo em corpo que pode ser de Jonas Amaral

Fotos: Claudinho Ferreira/ Parceiro 90.5 FM.

A Polícia Civil divulgou esta semana o resultado do laudo pericial realizado no corpo encontrado na zona rural de Pedra Menina, distrito de Dores do Rio Preto, que pode ser de Jonas Amaral, desaparecido desde a noite em que agrediu brutalmente sua namorada, Jane Cherubim.

A falta de quatro dentes na arcada dentária do corpo contribuiu para que fosse levantada a suspeita do homem ter sido assassinado.

Contudo, a equipe de perícia da PC concluiu que os dentes caíram após a morte. Mas a forma e as circunstâncias de como os dentes foram arrancados não foi detalhada.

O laudo aponta que o homem, ainda não identificado, morreu asfixiado. O que leva a crer que foi mesmo suicídio.

De acordo com o titular da Delegacia de Polícia de Dores do Rio Preto, delegado José Maria Martins Simão, o resultado do laudo cadavérico apontou como causa da morte asfixia mecânica por constrição do pescoço. “Pelo exame das partes remanescentes do cadáver, não foi evidenciado qualquer sinal ou vestígio de ação violenta e a ausência de quatro elementos dentários se deu após a morte. Com respaldo nesse laudo, o caso é tratado como suicídio’ relatou.

Ainda de acordo com o delegado, a Polícia aguarda somente o resultado de exame de DNA do cadáver, para confirmar que o corpo é de Jonas do Amaral.

Leia mais:

Corpo encontrado em Pedra Menina pode ser de Jonas Amaral

Siga, Curta e Compartilhe:
error