Alunos de escola pública plantam árvores às margens do Rio Veado, em Guaçuí

Um total de 40 alunos, com idades de 13 e 14 anos, professores e equipe da Semmam, com apoio de uma equipe do Corpo de Bombeiros, participaram do plantio de 130 mudas de justícia-vermelha, no centro da cidade, e no trecho entre o Fórum e o Pontilhão. Os estudantes também realizaram mais uma limpeza simbólica às margens do Rio Veado.

Foto: Divulgação.

Mais uma ação de educação ambiental foi realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), na manhã desta quinta-feira (11), envolvendo a Escola Municipal Deocleciano de Oliveira.

O secretário de Meio Ambiente Roberto Martins agradeceu a parceria constante da escola nas ações de educação ambiental e frisou sobre a importância do descarte correto do lixo. “Já realizamos, inúmeras vezes, a limpeza simbólica às margens do Rio Veado nesse trecho da Avenida Beira Rio e, cada vez que aqui estamos, é uma angústia muito grande, em decorrência do quadro absurdo de objetos que recolhemos”, destacou. Durante a limpeza, foram recolhidos nove sacos de 100 litros, com muitas garrafas de plástico e vidro, fraldas descartáveis, calçados, pilhas, embalagens de isopor, etc.

Já a professora Maria Helena da Rocha, que também participou da ação, parabenizou a Semmam por mais uma ação de educação ambiental. “A Secretaria de Meio Ambiente está de parabéns pelas sucessivas e necessárias ações de educação ambiental desenvolvidas em Guaçuí, porque essas ações contribuem para uma melhor qualidade de vida para nossa população e, certamente, em pouco tempo, estaremos colhendo os bons frutos plantados”, afirmou.

Durante a limpeza simbólica, da qual também participaram o deputado estadual Luciano Machado e o vereador Paulinho do Vitalino, uma equipe do Corpo de Bombeiros monitorou a ação, dando segurança aos alunos e demais participantes, e ainda auxiliou no plantio das 130 mudas de justícia-vermelha, no trecho da Avenida Beira Rio, entre o Fórum e o Pontilhão. Parte das mudas foram adquiridas por meio de uma parceria público-privada, enquanto outra parte foi produzida no viveiro da Semmam. 

A justicia-vermelha é uma planta arbustiva e tropical, com florescimento vistoso e durável. Floresce na primavera e verão, despontando altas e eretas inflorescências terminais, formadas por brácteas de cor vermelho-escura que envolvem flores bilabiadas, brancas e ricas em néctar. Quando em flor, a justicia-vermelha torna-se, invariavelmente, o centro das atenções no jardim. Além da folhagem exuberante e tropical, as inflorescências, bastante persistentes e chamativas, tornam esse arbusto muito especial.

Como se não bastasse, ela atrai beija-flores e pode ser utilizada de forma isolada ou em grupos, podendo formar cercas-vivas. Apesar do porte avantajado, ela tem boa plasticidade e, de acordo com as podas, pode adquirir formas menores ou maiores, sem prejuízo à floração.

Siga, Curta e Compartilhe: