Cem anos do rádio no Brasil: a evolução dos aparelhos e modernidade tecnológica
905 FM | Cem anos do rádio no Brasil: a evolução dos aparelhos e modernidade tecnológica   22 de julho de 2022

Do cristal de galena à era da convergência tecnológica, o rádio percorreu um longo caminho. E os modos de ouví-lo também foram ganhando novos contornos.

Nas primeiras décadas do século vinte, as famílias se reuniam em torno do aparelho de rádio: um móvel central nos lares que tinham o privilégio de possuí-lo.

A Era de Ouro do rádio, nos anos 1940, foi marcada pela enorme audiência e por  inovações em seu dispendioso processo de produção.

Escutar rádio era, então, uma experiência coletiva e familiar. Reunir-se em torno do aparelho  e apreciar a música, a informação, o esporte ou os programas de entretenimento era um ritual raramente realizado individualmente.

A evolução dos modos de consumo do rádio está diretamente relacionada às mudanças pelas quais passaram a tecnologia  e os dispositivos de transmissão da informação.

O transístor foi criado por Willian Shockley, John bardeen  e Walter Brattain em 1947,  nos Estados Unidos. A partir de então, o rádio deixou de ocupar o centro das salas de estar e passou a acompanhar os ouvintes em seus deslocamentos.

O consumo de rádio passa a incorporar também, além da mobilidade, a escuta individual. O surgimento da televisão o  deslocou da posição de principal aparelho para o consumo familiar.

Os anos 1970  e 1980  foram marcados por novas mudanças nos hábitos de consumo radiofônico. Os aparelhos se transformaram em dispositivos híbridos que conjugavam também toca-discos e toca-fitas. Tornaram-se populares os conjuntos 3 em 1 e os walkmans portáteis.

Atualmente, os telefones celulares conectam o ouvinte à diversas possibilidades de escuta via internet.  A adequação às possibilidades e demandas da internet tem gerado um novo rádio.

O ouvinte-internauta participa de forma ativa e imediata da produção de conteúdos. Ele pesquisa, questiona e contesta a informação que consome.

As cartas à redação, que levavam dias até chegar ao seu destino, hoje são recebidas instantaneamente por diversos meios tecnológicos, alterando de forma significativa  a produção dos conteúdos radiofônicos.

Pesca: exportação de produtos da piscicultura cresce 100% e soma US$ 14,3 milhões em vendas

O Brasil exportou 100% a mais de produtos da piscicultura no primeiro semestr ...
 13 de agosto de 2022   -  Créditos: 

Especialistas reforçam a importância de exames preventivos e diagnóstico precoce para o câncer

O câncer mais comum entre os homens é o de próstata, com ...
 13 de agosto de 2022   -  Créditos: 

Caminhoneiro é sequestrado na BR-101 em Mimoso no ES e liberado 13h depois no estado do RJ

Um caminhoneiro de 41 anos foi sequestrado por assaltantes na BR-101, no Espí ...
 12 de agosto de 2022   -  Créditos: 

Denúncia anônima leva polícia até moto furtada em Jerônimo Monteiro
Na tarde desta quinta-feira (11), por volta ...
 12 de agosto de 2022   -  Créditos: 
Caminhão de frangos vivos tomba na Rodovia em Castelo

Um caminhão carregado de frangos que descia a serra na Rodovia Pedro Cola, em ...
 12 de agosto de 2022   -  Créditos: 

R$ 60 bi em financiamentos para agricultura familiar 2022/23

O aumento de demanda por financiamentos de custeio levou o governo a aumentar ...
 12 de agosto de 2022   -  Créditos: 

Ciclone extratropical no sul do Brasil pode influenciar o tempo no ES?

Como primeiros efeitos da frente fria que passa pelo Espírito Santo, o ...
 11 de agosto de 2022   -  Créditos: