Vanderlei Luxemburgo testa time com Danilo Barcelos no meio

O Vasco enfrenta o Bahia neste sábado, às 11h, em São Januário com um time bastante modificado em relação ao que perdeu para o Cruzeiro. O técnico Vanderlei Luxemburgo tem muita dificuldade em conseguir repetir a escalação desde que assumiu a equipe, seja por lesão, suspensão e até por atleta convocado para as divisões de base da Seleção Brasileira.

No confronto com o Esquadrão de Aço serão dois desfalques: Richard e Talles Magno. Os dois receberam o terceiro cartão amarelo. No caso do atacante, não jogaria de qualquer maneira, uma vez que defende a Seleção Sub-17. No primeiro coletivo da semana, Luxemburgo indicou que Fellipe Bastos deve ser o substituto de Richard. Para o lugar de Talles Magno, Danilo Barcelos atuaria um pouco mais adiantado. Desta forma, Henrique retornaria à lateral-esquerda. Quem também volta é o capitão Leandro Castán, que cumpriu suspensão na rodada anterior.

Ouça na Rádio Nacional

A ideia inicial de Luxemburgo é aproveitar o poder ofensivo de Danilo Barcelos, além da facilidade na batida de bola. O lateral é exímio cobrador de faltas, além de ser preciso nos cruzamentos. Entretanto, o técnico prepara uma surpresa. Gabriel Pec, de apenas 18 anos, pode fazer a estreia no grupo profissional. Ele substituiu Danilo Barcelos na segunda etapa de treinamento e tem chances de, pelo menos, ser relacionado. Atleta da base do clube, o meia vem bem nas atividades, surpreendendo o técnico.

Desta forma, o Vasco entraria em campo com Fernando Miguel, Pikachu, Leandro Castán, Oswaldo Henríquez e Henrique; Fellipe Bastos, Raul, Marcos Júnior e Danilo Barcelos (Gabriel Pec); Rossi e Marrony.

O Vasco vai jogar com peças diferentes, mas o volante Marcos Júnior ressalta o poder de superação da equipe.

“A gente vem mostrando que nosso time é forte, qualificado. Teremos ausências e serão sentidas, mas também teremos retornos. Quem entrar vai nos ajudar e vamos todos juntos novamente”, disse.

O adversário deste sábado vem de sete partidas sem derrota, foi o único a vencer o líder Flamengo nas últimas 12 rodadas do Campeonato Brasileiro. Mais recentemente conseguiu duas vitórias consecutivas, contra CSA e Atlético-MG, sendo que o confronto com o Galo foi em Minas Gerais. Marcos Júnior sabe da dificuldade que o Vasco vai enfrentar neste sábado.

“Sabemos que cada partida é diferente. A equipe do Bahia é muito qualificada, mas temos que continuar com nossa força dentro de casa, com apoio da torcida para mais uma vitória”.

O Bahia tem o desfalque de Artur, que defende a Seleção Olímpica. O técnico Roger Machado deve escalar o time com Douglas, Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e Ronaldo (Guerra); Élber (Arthur Caíke), Lucca e Gilberto.

Agência Brasil
Autor: Mauricio Costa – Repórter da Rádio Nacional

Siga, Curta e Compartilhe:
error