Supremo define lista tríplice para ministro do TSE

O Supremo Tribunal Federal (STF) definiu, hoje (26), a lista tríplice que será enviada ao presidente da República, Jair Bolsonaro, para a escolha de um ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), órgão do Judiciário responsável pela organização das eleições.

A vaga de ministro substituto no TSE surgiu após Sérgio Banhos ser nomeado por Bolsonaro para o cargo de ministro efetivo no tribunal.

Brasília - A vice-presidente da OAB-DF, Daniela Teixeira, é acompanhada até a saída por parlamentares e seguranças após discussão em plenário com o deputado Jair Bolsonaro, durante comissão geral que discutia a violência contra mulheres

Advogada Daniela Teixeira foi a mais votada na lista tríplice para vaga no TSE – Arquivo/Agência Brasil

Na votação feita pelos ministros, a advogada Daniela Teixeira foi a mais votada, recebendo 10 votos. Em segundo lugar ficou o advogado Marçal Justen Filho, com 9 votos. O advogado Carlos Mário Veloso Filho recebeu 8 votos e completa a lista.

De acordo com a Constituição, cabe ao presidente da República nomear os advogados que compõem o tribunal.

O TSE é composto por sete ministros, sendo três do STF, dois do STJ, e dois advogados com notório saber jurídico.

Agência Brasil
Autor: André Richter – Repórter da Agência Brasil

Siga, Curta e Compartilhe:
error