Petrobras aprova indicação de almirante para presidência do conselho

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou as nomeações do almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira para presidente do órgão e de João Cox para membro. Agora, os nomes serão submetidas à próxima Assembleia Geral de Acionistas, ainda sem data de reunião.

O conselho aprovou ainda Carlos Alberto Pereira de Oliveira como diretor-executivo de Exploração e Produção e de Rudimar Andreis Lorenzatto como diretor-executivo de Desenvolvimento da Produção & Tecnologia.

Eduardo Leal Ferreira é almirante de esquadra e foi Comandante da Marinha do Brasil até janeiro de 2019, quando chegou ao topo da carreira. Antes de ser comandante da Marinha, ocupou os cargos de Comandante-em-Chefe da Esquadra e de Comandante da Escola Superior de Guerra.

Brasília - O almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira participa de cerimônia alusiva pelos 151 anos da Batalha Naval do Riachuelo.  (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Nome do almirante Leal Ferreira será agora submetido à Assembleia Geral de Acionistas da Petrobras – Arquivo/Agência Brasil

O economista João Cox tem especialização em economia petroquímica pela Universidade de Oxford, Reino Unido. Em carreira de executivo, entre outras funções foi presidente da Telemig Celular e da Claro.

O engenheiro Carlos Alberto Pereira de Oliveira se formou em Engenharia Mecânica no Instituto Militar de Engenharia e em Administração de Empresas na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Oliveira tem mestrado em Finanças e Análise de Investimentos pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Janeiro. Durante 38 anos na Petrobras, ocupou diversas funções executivas na área de Exploração e Produção ligadas à alta administração das empresas do sistema Petrobras.

O engenheiro Rudimar Andreis Lorenzatto é graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, com MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getulio Vargas e em outras instituições no exterior. Na Petrobras há mais de 30 anos, passou por diversas funções gerenciais nas áreas de construção de poços, operação da produção e sistemas submarinos.

Em nota, a Petrobras informa que as indicações de Nivio Ziviani, para o cargo de membro do Conselho de Administração, e Anelise Quintão Lara, para Diretoria de Refino e Gás Natural, “estão seguindo os procedimentos internos de governança corporativa com as respectivas análises de conformidade e integridade necessárias ao processo sucessório da companhia”.

Agência Brasil
Autor: Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência Brasil

Siga, Curta e Compartilhe:
error