Confiança e intenção de consumir das famílias de SP sobem em agosto

A confiança do consumidor de São Paulo cresceu 3,3% em agosto, informou hoje (28) a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Foi a segunda alta consecutiva do índice, que atingiu 114,6 pontos.

Em agosto também foi registrado aumento de 2,2% no Índice de Consumo das Famílias, que somou 93,5 pontos.

Segundo a entidade, o aumento das vagas de emprego e a queda dos juros podem fazer com que os índices continuem positivos até o fim do ano. A aprovação das reformas e a liberação dos recursos das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Programa de Integração Social/Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep) também podem melhorar as vendas neste segundo semestre, acrescentou a federação.

 A FecomercioSP recomendou, porém, cautela ao empresário, principalmente por causa das movimentações no mercado internacional, que podem afetar diretamente a compra de mercadorias e os fluxos de caixa.

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) é apurado mensalmente pela FecomercioSP desde 1994. Os dados são coletados de aproximadamente 2,1 mil consumidores no município de São Paulo, com a intenção de identificar o sentimento dos consumidores quanto à situação econômica futura, levando em conta suas condições econômicas atuais e suas expectativas.

O ICC varia de 0 (demonstrando pessimismo total) a 200 (otimismo total). Já o Índice de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) é apurado mensalmente, com dados de 2,2 mil consumidores no município de São Paulo. O índice vai de 0 a 200 pontos – abaixo de 100 pontos é considerado insatisfatório e acima de 100 pontos, satisfatório.

Agência Brasil
Autor: Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil

Siga, Curta e Compartilhe:
error