Sedu digital lança campanha para combater o Cyberbullying

Foto: Divulgação.

O programa Sedu Digital está com a campanha educativa “Seja legal também no Virtual”. Trata-se de um conjunto de ações que pretende combater o Cyberbullying, por meio da educação e da conscientização para o exercício da cidadania digital. E para criar uma marca, a hashtag #sejalegaltambemnovirtual, está sendo utilizada em todas as postagens do programa, promovendo a campanha nas redes e incentivando os alunos e as escolas a também utilizarem em seus posts.

A técnica da Sedu Mônica Caniçali, disse que é preciso utilizar os canais de comunicação em que as crianças e adolescentes transitam para informar sobre o perigo da prática do Cyberbullying. “Este tipo de bullying é cruel, faz sofrer, mas infelizmente faz parte da vivência escolar, que precisa lidar com essas questões. Desejamos que nossos estudantes sejam orientados para o bem, para que criem uma cultura de empatia uns com os outros, e para que as redes sociais sejam usadas para seu real propósito, que deve ser a interação e o acesso às informações, além da colaboração, cuja conexão seja propulsora de amizade e parceria saudável entre as pessoas”, disse.

Alinhado a esse mesmo objetivo, o Sedu Digital também orienta o uso do aplicativo “Infância Segura”, lançado pela Ordem dos Advogados (OAB) do Espírito Santo, que reúne em uma única plataforma digital, todos os canais de contato para facilitar denúncias de violência contra crianças e adolescentes. O aplicativo está disponível no Google Play e Apple Store.

Então #sejalegaltambemnovirtual e junte-se a nós nessa campanha para o bom uso das tecnologias e em favor da saúde mental dos estudantes.

Siga, Curta e Compartilhe:
error