Refin-Agropecuário 2019 facilita a regularização de dívidas de produtores rurais

Produtores rurais financiados pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) com contratos que vencem este ano podem buscar no Refin-Agropecuário uma chance para organizar sua situação financeira. A medida possibilita a renegociação da parcela que vence em 2019, mantendo a mesma taxa de juros do contrato original. 

O Refin-Agropecuário tem regras definidas no Manual de Crédito Rural (MCR), que o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) utiliza para atender às necessidades dos produtores. Para se habilitar, o produtor deve estar em dia com suas obrigações financeiras e de acompanhamento do projeto junto ao banco capixaba.

A medida possibilita a renegociação da parcela que vence em 2019, mantendo a mesma taxa de juros do contrato original. 

“O Bandes tem feito uma verdadeira ‘força-tarefa’ para atender o produtor rural que necessita renegociar seus contratos. Desta forma, fizemos um trabalho junto ao BNDES para possibilitar renegociações das operações. Também estamos em contato com associações e entidades ligadas à agricultura em todo o Estado prestando informações qualificadas sobre todo processo”, destaca o gerente Financeiro do banco, Carlos Magno Rocha de Barros. 

Toda essa movimentação tem o propósito de atender bem o produtor, complementa o gerente. 

O passo a passo da renegociação

O saldo devedor do contrato a ser renegociado terá extensão de seu prazo de amortização. Será acrescentada mais uma parcela para pagamento do financiamento original. “Para um fácil entendimento, é como se a obrigação de pagar o principal da parcela deste ano fosse transferida para um ano após o final do contrato”, explica o gerente. 

Para aderir à renegociação, o cliente deve efetuar o pagamento dos juros da parcela refinanciada como sinal, até a data definida pelo banco e o envio de documentos para análise. O produtor rural interessado deve enviar a solicitação de renegociação e os documentos necessários ao Bandes pelo e-mail refin@bandes.com.br ou whatsapp (27) 99949-4206. 

Após a análise, o banco emite o boleto para o pagamento do sinal. Caso haja alguma pendência do cliente também será proposto um prazo de regularização. “Nesse processo, é importante que o interessado monitore periodicamente seu e-mail ou whatsapp”, orienta Carlos Magno.

Aprovada pelo banco capixaba, a solicitação de refinanciamento é encaminhada ao BNDES. Se aceita, o Bandes dá inicio à formalização do acordo. “É importante ressaltar que o cliente tem 30 dias para providenciar a formalização e a devolução do novo contrato ao Bandes”, informa.

Documentos para envio
– Solicitação de renegociação PRONAF – Refin Agropecuário 
– Laudo técnico PRONAF – Refin Agropecuário
– Declaração de Aptidão ao PRONAF
– Certidão Negativa de Débito da Receita Federal
– Regularidade na execução dos investimentos
– Comprovação do pagamento do sinal (juros da parcela refinanciada)

Consulte a Página Refin-Agropecuário Pronafpara informações adicionais.

Siga, Curta e Compartilhe:
error