Quarta turma se forma em projeto Bombeiros do Futuro de Guaçuí

Foto: Divulgação PMG.

A 2ª Companhia do 3º Batalhão de Corpo de Bombeiros, de Guaçuí, foi sede de mais uma formatura do projeto Bombeiros do Futuro, que aconteceu na noite desta quarta-feira (10). Esta foi a 4ª turma formada no projeto, no município, o único no Estado onde a iniciativa é realizada, numa parceria entre o Corpo de Bombeiros e a Prefeitura de Guaçuí, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme).

Contando com a presença de seus padrinhos, pais, responsáveis, autoridades civis e militares, os 39 formandos receberam seus certificados de conclusão. Durante quatro meses, eles receberam aulas de civismo, ética e cidadania, além de educação ambiental, educação física, primeiros socorros, combate a incêndios, salvamento e defesa civil.

Foto: Divulgação PMG.

Falando em nome dos alunos, o formando Luis Miguel destacou que todos passaram por experiências que nunca serão esquecidas e que o curso foi um primeiro desafio em suas vidas. “Aprendemos muito e vamos levar esse aprendizado para sempre conosco, o que vai ser importante em nossa formação como cidadãos e, por isso, vamos sentir falta de nossos colegas e instrutores”, disse. Em seguida, foi apresentado um vídeo com momentos vividos pelos os alunos durante o curso.

Presente à formatura, o secretário municipal interino de Educação, Liomar Luciano de Oliveira – Mazinho –, destacou todos os profissionais da Secretaria envolvidos no projeto, assim como seus instrutores e as escolas do município. Ele colocou que o “Bombeiros do Futuro” traz muitos benefícios para Guaçuí, principalmente, para as crianças envolvidas e suas famílias, trabalhando aspectos da formação da pessoa humana que, talvez, não tivessem oportunidade de ter acesso. “É um passo para a formação de adultos melhores, preparados para a vida e que vão sonhar ser o que quiserem, para que tenhamos uma sociedade onde sejamos todos construtores e não destruidores”, afirmou.

O vereador Marcos do Goes, líder do governo municipal na Câmara, é um entusiasta do projeto e se disse emocionado em ver mais uma turma formada, numa iniciativa que, conforme destacou, traz muitos benefícios para as crianças de Guaçuí e ajuda na construção do que queremos para nosso futuro. “Estamos construindo heróis que não vão ser aliciados pelo tráfico de drogas e o mundo do crime, e que estão recebendo uma educação que vai se refletir em suas vidas e em suas famílias”, enfatizou.

Já o comandante da 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros de Guaçuí, tenente José Guilherme Boechat, falou que as crianças que estavam sendo formadas trazem a esperança de dias melhores e paz. “Que se tornem adultos com esse mesmo espírito, inclusive, dentro de casa, com seus pais que devem ser o espelho de uma casa”, afirmou. “Aqui, demos um pouco de nós para eles, o que fazemos não como uma obrigação”, completou, destacando que Guaçuí é o único município do Estado que realiza o projeto e que, com essa turma, já são 120 alunos formados no Bombeiros do Futuro.

Uma das mães dos alunos, de nome Giordana, falou pelos pais e homenageou todos os envolvidos no projeto Bombeiros do Futuro que ganhou um hino composto pelo maestro Wildes da Silveira e Eliane Fernandes e que foi executado pelos formandos, com o acompanhamento da Lira Santa Cecília, de Varre Sai (RJ). A solenidade foi encerrada com um lanche servido aos presentes. Entre eles, também estavam os vereadores Licinho e Wanderley Moreira, a comendadora Maria Madalena Emery de Carvalho, diretoras de escolas, professores e representantes da Polícia Militar e do Exército Brasileiro.

Foto: Divulgação PMG.

Projeto

O “Bombeiros do Futuro” é um projeto sócio-educacional de integração escolar que, neste 4º módulo, atendeu crianças e adolescentes – de ambos os sexos, com idade entre 9 e 14 anos. A Secretaria Municipal de Educação fornece os uniformes, apostilas, alimentação e transporte para o funcionamento do projeto, onde as crianças e adolescentes, na sua maioria, próximos da situação de risco social, tiveram aulas três vezes por semana, com duração de duas horas e meia. Cada módulo ou grupo de alunos participa do projeto por um período de quatro meses.

Siga, Curta e Compartilhe:
error