Presidente da Acisg emite comunicado em favor da Santa Casa de Guaçuí

Foto: Divulgação.

O Presidente da Associação Comercial e Industrial de Guaçuí, empresário Fernando Rangel Pereira, emitiu um comunicado sobre os últimos acontecimentos envolvendo a Santa Casa de Misericórdia de Guaçuí.

De acordo com o empresário, é necessário que a população defenda a instituição. “Em absoluto não estou aqui promovendo e nem tão pouco fazendo apologia ao que não é lícito, mas como cidadão me vejo no dever de defender algo que é nosso e que é muito maior do que opiniões e julgamentos pessoais, penso que devemos ser justos a memória daqueles que lutaram bravamente pela instituição e que hoje correm o risco de ver seu trabalho manchado por atos isolados, destruindo tudo que foi construído”, disse o empresário.

Fernando Rangel é enfático ao afirmar que não apoia atos ilícitos. Entretanto, se vê no dever de defender a instituição. “Cabe-nos enquanto cidadãos desse rincão contribuir para que a paz, a ordem e o progresso sejam restabelecidos o quanto mais rápido possível, haja vista tamanha e urgente é a necessidade desse restabelecimento, sob pena de perdermos tudo o que já foi alcançado”, afirma.

Leia o comunicado na íntegra:

Tenho visto muita gente emitir opinião e criar conceitos sobre tudo e sobre todos, mas acredito que a hora é de nos unirmos e utilizar nossos argumentos e cidadania em favor da maior instituição de nossa cidade, hora de arregaçarmos as mangas em defesa da nossa instituição mor.

Em vez de olharmos tão somente para o mal feito que tal remetermos nossa visão para o que foi bem feito, muito provavelmente teremos um horizonte muito maior e assim poderemos nos vangloriar da nossa Santa Casa.

Em absoluto não estou aqui promovendo e nem tão pouco fazendo apologia ao que não é lícito, mas como cidadão me vejo no dever de defender algo que é nosso e que é muito maior do que opiniões e julgamentos pessoais, penso que devemos ser justos a memória daqueles que lutaram bravamente pela instituição e que hoje correm o risco de ver seu trabalho manchado por atos isolados, destruindo tudo que foi construído.

Cabe-nos enquanto cidadãos desse rincão contribuir para que a paz, a ordem e o progresso sejam restabelecidos o quanto mais rápido possível, haja vista tamanha e urgente é a necessidade desse restabelecimento, sob pena de perdermos tudo o que já foi alcançado.

É chegado o momento de provarmos que tipo de cidadãos somos, os que criticam sem apresentar alternativas viáveis e reais, os que julgam sem elementos pelo simples prazer de julgar ou aqueles que se unem em defesa do que é justo, legal e necessário.

Embora a resposta seja pessoal, creio ter a resposta, Guaçuí historicamente foi povoado por homens e mulheres guerreiros e guerreiras, que nunca fogem ao justo combate, com certeza não será neste momento que iremos nos furtar ao nosso dever de cidadãos.

Enfim, creio que devemos deixar que a justiça devidamente constituída pelo poder judiciário se encarregue de promover o que deve ser justo a todos, inclusive o perdão e a culpa que cada um carrega com sigo justificado pelos seus atos.

Todos juntos pela SANTA CASA DE MISERICÓRDIA.

Fernando Rangel Pereira
Presidente ACISG

Siga, Curta e Compartilhe:
error