Parque Nacional do Caparaó completa 58 anos

Foto: Divulgação.

O Parque Nacional do Caparaó completa hoje 58 anos. Ele foi criado em 24 de maio de 1961, por um decreto federal, assinado pelo então Presidente da República Jânio Quadros.

Abrigando o terceiro pico mais alto do país, o Pico da Bandeira (2.892m), o Parque é atração para turistas aventureiros.

Segundo o Instituto Chico Mendes Conservação da Biodiversidade ICMBio), por volta de 1859, D. Pedro II determinou que fosse colocada uma bandeira do Império no pico mais alto da Serra do Caparaó. Por esse motivo, acredita-se que a denominação “Pico da Bandeira” se deva a esse fato.

O Parque Nacional do Caparaó está localizado na Serra do Caparaó. Bem na divisa dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo, abrigando cinco dos dez picos mais altos de todo o território nacional.


De acordo com o ICMBio, a Unidade de Conservação (UC) abrange um território de aproximadamente 31,8 mil hectares. Cerca de 80% do Parque está no estado do Espírito Santo.

Os maiores picos ficam na divisa dos Estados, destacando-se o Pico da Bandeira, com 2.892 metros, o Pico 2 ou Pico do Cruzeiro, com 2.852 metros, o Pico do Calçado com 2.849 metros e o Pico do Calçado Mirim com 2.818 metros. O Pico do Cristal, com 2.770 metros fica exclusivamente em território mineiro.

O parque abriga ainda outros picos, menores em tamanho, mas também de altitudes consideráveis, como o Morro da Cruz do Negro (2.658 metros), o Pico da Pedra Roxa (2.649 metros), o Pico dos Cabritos ou do Tesouro (2.620 metros), o Pico do Tesourinho (2.584 metros), e a Pedra Menina (2.037 metros) todos em território capixaba.

Com informações do ICMBio.

Siga, Curta e Compartilhe:
error