Morre em Alegre prefeito de Venda Nova do Imigrante, Braz Delpupo

Foto: Ascom VNI

Faleceu nesse sábado (27) o prefeito de Venda Nova do Imigrante, Braz Delpupo. Ele tinha 70 anos e sofreu um infarto enquanto dirigia. Braz teve longa trajetória política dedicada ao município onde nasceu e cresceu. Seu jeito simples e fácil comunicação com pessoas de todas as classes eram características marcantes.

Braz Delpupo começou sua carreira política como vereador pelo município de Conceição do Castelo, quando Venda Nova ainda era distrito. Ele se orgulhava do trabalho que ajudou a realizar enquanto foi membro da comissão formada para conquistar a emancipação.

Quando Venda Nova se tornou independente, Braz foi vice-prefeito na chapa com Nicolau Falchetto, de 1989 a 1992. Nas eleições seguintes, tornou-se prefeito até 1996. No ano 2000, chegou novamente à chefia do Executivo vendanovense e foi reeleito em 2005, exercendo o cargo até 2008. Seu último mandato começou em 2017 e seguia para o terceiro ano.

Na vida pessoal, Braz era casado e tinha um filho. Demonstrava carinho especial por crianças e pessoas da terceira idade. Era visto frequentemente sendo abordado por pessoas nas ruas. Fazia questão de manter a gestão da Administração Municipal voltada para atendimento às necessidades prioritárias da população, como educação e saúde.

O corpo de Braz Delpupo será velado na Prefeitura durante a madrugada de sábado e manhã de domingo. O sepultamento será realizado em Alegre.

Governador decreta luto oficial

O governador do Estado, Renato Casagrande, decretou luto oficial de três dias em decorrência da morte do prefeito de Venda Nova do Imigrante, Braz Delpupo, ocorrida neste sábado (27). O decreto será publicado na próxima edição do Diário Oficial do Estado.

Notas de pesar

Governador Renato Casagrande: É com imenso pesar que recebo a notícia da repentina partida do amigo Braz Delpupo, prefeito de Venda Nova do Imigrante. Estive ao seu lado recentemente em solenidade no Palácio Anchieta. Sempre preocupado com seu povo e determinado em buscar o desenvolvimento de seu município, Braz Delpupo hoje nos deixa. Registro meu profundo pesar aos familiares, amigos e à toda população venda-novense.

Ex-governador Paulo Hartung: Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento do meu querido amigo Braz Delpupo, prefeito de Venda Nova do Imigrante. Foram mais de 30 anos de amizade e uma bela caminhada na vida pública. Estivemos sempre juntos, inclusive no movimento de emancipação de Venda Nova do Imigrante. Neste momento, estou fora do estado, mas envio meus sinceros sentimentos à família e ao povo desse importante município capixaba. (Paulo Hartung).

AMUNES: A Associação dos Municípios (Amunes), por meio de seu presidente, prefeito de Viana, Gilson Daniel, e demais prefeitos, vice-prefeitos e lideranças políticas dos Municípios do Estado do Espírito Santo, lamentam com profundo pesar o falecimento do Excelentíssimo Senhor Braz Delpupo, prefeito de Venda Nova do Imigrante.

Braz lutou de forma incondicional pela melhoria do município de Venda Nova ao pleitear recursos, implementar importantes obras e manter-se firme na atuação de garantir políticas públicas de qualidade a todos os munícipes. Que Deus possa confortar parentes, amigos e colegas neste momento de imensa dor para todos nós.

Deputado Federal Evair Vieira de Melo: Nosso eterno Prefeito de Venda Nova, Braz Delpupo, acaba de ser vítima de infarto fulminante e não resistiu nesse início de noite. Veio a falecer há poucos instantes. Estava em Alegre, na sua rotina conhecida. Sem dúvida , o maior líder político da história de Venda Nova. Deixa um legado de amor e dedicação à sua terra e a sua gente.

Espírito público invejável, sempre fez o social sem abrir mão de empreender . Em seus mandatos, jamais fechou a porta de seu gabinete. Tem um reconhecimento regional, pela sua trajetória empreendedora e amiga. Atencioso, dedicado. Foi a seu lado e por suas mãos que vim para vida pública.

Carrego comigo grandes ensinamentos vindos da sua humildade e paciência. Deixará saudades. Fará falta. Mas nós honraremos seu legado. Vai com Deus, amigo Braz Delpupo.

Siga, Curta e Compartilhe:
error