Moradores e lideranças da cidade se unem em prol da segurança de Guaçuí

Foto: Danielle Muruci

Moradores, lideranças políticas e representantes de diversas entidades de Guaçuí, se reuniram nesta segunda-feira (28), no auditório da Acisg, para tratar de um assunto que vem tirando o sono da população guaçuiense, segurança pública.

A reunião, convocada pelo deputado estadual eleito, Luciano Machado, teve o intuito de definir representantes que irão à Vitória, no próximo dia 11, para uma reunião com o Secretário de Segurança Pública, Roberto Sá, e os temas que serão abordados, na tentativa de diminuir a violência no município.

Participaram da reunião, representantes da Acisg, Prefeitura municipal, Câmara de vereadores, Polícia Militar, Loja Maçônica Acácia de Guaçuí, Rotary Clube, Lions Clube, Apae, Lar dos Idosos, Circuito Caparaó Capixaba, cooperativa de crédito rural, associações de moradores, igrejas evangélicas e católica, Conselho Tutelar e produtores rurais. Moradores de diferentes bairros também estiveram presentes, entre eles, advogados, professores e empresários.

O presidente da Acisg destacou que a reunião foi marcada devido à necessidade de serem levadas ao Secretário de Segurança ideias que ajudem a resolver o problema da segurança pública na cidade. “Resolvemos fazer a reunião para dar um pontapé e começarmos a resolver este problema. Precisamos levar ideias”, enfatizou.

Em seguida, o comandante da 2ª Cia da Polícia Militar em Guaçuí, capitão Warner, ressaltou que segurança pública é dever do Estado, mas também é responsabilidade de todos. “Segurança pública não é só a Polícia Militar. Envolve todo um sistema”, disse o comandante.

Entre aos pedidos da sociedade estão, aumentar o efetivo da Polícia Militar e investigadores da Polícia Civil e Guaçuí passar a sediar a Delegacia Regional, com funcionamento 24 horas.

O verão na região do Caparaó também foi um dos tópicos abordados. Um empresário, integrante do Circuito Caparaó Capixaba, destacou que melhorar a segurança é importante para o turismo.

Com o verão, muitos turistas escolhem as cachoeiras do Caparaó, ao invés do litoral. Por esse motivo, o comandante da PM destacou que a região necessita do seu efetivo completo durante esta época do ano. “Verão não é só orla, o Caparaó também precisa de atenção”, enfatizou.

Siga, Curta e Compartilhe: