Microrregião do Caparaó define composição de conselho para desenvolvimento regional

Foto: Divulgação.

O Conselho Regional da Microrregião do Caparaó foi instalado nesta quinta-feira (13). A criação da entidade é uma ação integradora do Plano Regional de Desenvolvimento lançado pelo Governo do Estado em abril deste ano. O evento foi realizado na Câmara Municipal de Guaçuí. Este foi o terceiro conselho a ser implantado e conta com a gestão conjunta da Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes), da Secretaria de Economia e Planejamento (SEP) e do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN).

No encontro foram definidos os membros que formarão o Conselho Regional, composto por representantes das prefeituras, poder legislativo, setor produtivo, entidades locais e das organizações da sociedade civil (lista completa no fim da matéria).

Foto: Divulgação.

Presente ao evento, o secretário de estado de Planejamento e Economia, Álvaro Duboc, abriu o encontro lembrando que essa é uma iniciativa que tentou ser implantada no governo passado de Renato Casagrande, mas não se concretizou. “Agora, antes de iniciar o governo, já começamos essa construção dos conselhos, com atenção especial à região sul do Estado”, destacou.

“E dentro da metodologia do plano, vamos criar câmaras técnicas para discutir as potencialidades de cada região e definir as ações, lembrando que vamos ter R$ 1,5 bilhão – da unificação dos campos do Parque de Baleias – para investir em infraestrutura nos próximos quatro anos, mas é preciso o debate entre todos os envolvidos para definir quais serão as ações”, completou.

O coordenador executivo do Plano, o subsecretário Paulo Menegueli, fez questão de enfatizar que este plano não será como outros já realizados que “não teriam dado resultado”. “Esse é pensado de forma bem democrática, aberto para a participação de todos, principalmente, quem vive na região, para o empoderamento de quem mora aqui”, disse. “O plano e o conselho serão ferramentas para que o desenvolvimento realmente aconteça”, complementou.

Foto: Divulgação.

Também presente ao evento, o deputado estadual Luciano Machado, definiu o acontecimento como uma “manhã de otimismo”, diante da reunião de tantas lideranças atendendo a um convite para a discussão de desenvolvimento com igualdade social. Ele destacou a beleza da região do Caparaó, além das festas em todos os municípios – como o Festival de Inverno de Guaçui que acontece no feriado de Corpus Christi – que apresentam nossas riquezas aos visitantes e que a discussão é essencial para que “possamos detectar onde precisamos avançar”. “O Caparaó não ocupa nem 1% da atividade industrial, o que pode servir de base para sabermos onde avançar, principalmente, no setor de turismo que necessita de infraestrutura”, destacou.

A anfitriã do encontro, prefeita de Guaçuí, Vera Costa, disse que o município está sempre de portas abertas para as iniciativas do Governo do Estado e destacou benefícios que o governador Renato Casagrande trouxe para a cidade. Ela enfatizou a importância de todos participarem do conselho, com o objetivo de buscar o desenvolvimento da região “que é linda”, principalmente, fortalecendo o turismo. “Antes, éramos parte do sul do Estado e, agora, temos uma marca forte, somos a região do Caparaó, e Guaçuí é a Pérola do Caparaó”, afirmou. “E quem está aqui, hoje, se preocupa com nossa região, e precisamos trabalhar em conjunto, porque o que é bom para um município é bom para outro”, completou.

Em seguida, o diretor do Instituto Jones dos Santos Neves, Luiz Paulo Vellozo Lucas,  apresentou o Panorama e Indicadores da Região do Caparaó e, depois, o subsecretário Paulo Menegueli fez a apresentação da Metodologia do Plano Regional de Desenvolvimento e o Cronograma de Atividades. Só então, foi composto o Conselho Regional formado por representantes das prefeituras, câmaras municipais, do setor produtivo, das entidades locais e das organizações da sociedade civil.

Foto: Divulgação.

Também estavam presentes ao encontro, em Guaçuí, os prefeitos José Guilherme (Alegre), Luciano Salgado “Pingo” (Ibatiba – presidente do Consórcio Caparaó), Edmilson Meirelles (Irupi), Reginaldo Simão (Ibitirama) e Ninho (Dores do Rio Preto), além de representantes dos demais municípios que compõem a região: Bom Jesus do Norte, Divino de São Lourenço, Iúna, São José do Calçado e Muniz Freire. Marcaram presença, ainda, os secretários municipais de Guaçuí, Carlinda Loyola (Agricultura), Josilda Amorim (Assistência Social), Weriton Soroldoni (Controladoria Geral), Leonardo Ridolfi (Cultura, Turismo e Esportes), Liomar Luciano de Oliveira – Mazinho (Educação), Tina Costa (Finanças), Waleska Guaitolini (Gestão Administrativa e Recursos Humanos), Maria Alice Moulin (Governo e Articulação Institucional), Roberto Martins (Meio Ambiente), Marcello Rodolfo (Obras) e o diretor do SAAE, Ivan Viana. Além dos vereadores de Guaçuí, Angelo Moreira (presidente da Câmara) Zé Ruim, Paulinho do Vitalino, Licinho, Marcos do Goes e José Augusto, assim como o presidente e o diretor da Associação Comercial de Guaçuí, Fernando Rangel Pereira e Rodrigo Simões, a ambientalista Dalva Ringuier e representantes de outras organizações, empresas e segmentos da sociedade.

Foto: Divulgação.

Plano Regional de Desenvolvimento

O Plano Regional de Desenvolvimento foi lançado pelo Governo do Estado no dia 10 de abril, em Cachoeiro de Itapemirim. O objetivo é criar um ambiente de articulação e integração de interesses das microrregiões, a partir das vocações, desafios e oportunidades identificadas para cada área e buscar o desenvolvimento regional integrado de forma equilibrada e sustentável.

A política de desenvolvimento regional visa buscar o equilíbrio do desenvolvimento em todo Estado, para potencializar os arranjos produtivos existentes e gerar novas oportunidades

Ao todo, nove conselhos serão instalados até o mês de setembro. No mês de maio, foram instalados nas microrregiões central e litoral sul e, agora, na microrregião do Caparaó. Ainda serão instituídos os conselhos das microrregiões central serrana, sudoeste serrana, Rio Doce, centro oeste, nordeste e noroeste. Na Grande Vitória, as ações serão realizadas pelo Conselho Metropolitano de Desenvolvimento da Grande Vitória (Comdevit).

Confira a composição do Conselho Regional da Microrregião do Caparaó


Prefeitos:

Vera Lucia – Guaçuí (presidente do conselho)

Reginaldo Simão – Ibitirama (vice-presidente)

Vereadores:

Gedelias de Souza – Muniz Freire

Mario Pezão – Alegre

Instituição de ensino serão representadas por:

Prof. Dirceu Pratissoli – Ufes -Alegre

Eglan Rhuan Guimarães – Ifes Ibatiba

Poder Legislativo Estadual:

Deputado Estadual – Luciano Machado

Setor produtivo:

Findes – Elias Soares

Eduardo Gorini

OCB – Carlos Magno Silva

FAES – Luciano Ferraz

Associações/ ONGs/ trabalhadores:

Associação comercial de Guaçuí: Rodrigo Simões

Comitê de bacia hidrográfica Itabapoana – Weriton Soroldoni

Consórcio Caparaó – Renan Leal

Associação Circuito Turístico Caparaó Capixaba – Dalva Ringuer

Sindicato dos trabalhadores rurais de Muniz Freire – Sebastião Gildo

Representantes dos secretários municipais:

Rodrigo Vargas – secretário de meio ambiente e desenvolvimento de Alegre

Leonardo Ridolfi – secretário de turismo de Guaçuí.

Siga, Curta e Compartilhe:
error