FAES envia indicações de melhorias na renegociação de dívidas dos produtores rurais ao Ministério da Agricultura

Foto: Divulgação.

Na manhã da última segunda-feira (12) diretores da Federação da Agricultura (FAES) se reuniram para discutir temas importantes para o segmento. A pauta teve como assunto principal a renegociação de dívidas dos produtores rurais.

Luciano Ferraz, faz parte da diretoria da FAES como primeiro secretário, é produtor rural e presidente do Sindicato Rural em Guaçuí. Ele enfatiza que na reunião foi assinado um documento importante que já foi encaminhado pelo presidente da FAES para a Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, em Brasília. “Foi formatado um documento assinado pela Federação da Agricultura, Federação dos Trabalhadores (Fetais), a OCB e o grupo de Agricultura Forte. Todos os quatro são signatários desse documento onde, em síntese, pedem renegociação das dívidas dos produtores rurais contraídas até 2018. Por conta da crise hídrica e da situação financeira que se abalou em todo o Estado do Espírito Santo”, explica Ferraz.

De acordo com secretário, o que se pleiteou nesse documento foi que fosse estendido o chamado de pleitos emergenciais. “Foi feita a abrangência de atuação das leis 13.340 e 13.729 de 2016. Estas leis eram consideradas pelo setor como boas, mas possuem uma janela muito curta e o espaço de atuação no Espírito Santo se restringiu aos municípios atendidos pela Sudene, apenas na região norte do Estado. Com esse documento conseguimos abranger até a região Sul e Serrana. Abrangendo também um prazo de adesão para posterior a data de vigência daquela lei”.

O documento solicita que o prazo de adesão seja incorporado para dívidas contraídas até 2018. Beneficiando um número maior de produtores.

Houve também a inclusão do pedido de suspensão de execuções das dívidas enquanto essa nova lei não for promulgada e enquanto existir ainda tratativas que assolam toda a categoria no Estado.Outros temas como metas do acordo de cooperação entre CNA/SENAR e Banco Mundial, e a ação de divulgação e esclarecimentos sobre o programa Bem+Agro junto aos Sindicatos Rurais capixabas também foram discutidos na reunião.

Outros temas como metas do acordo de cooperação entre CNA/SENAR e Banco Mundial, e a ação de divulgação e esclarecimentos sobre o programa Bem+Agro junto aos Sindicatos Rurais capixabas também foram discutidos na reunião.

Siga, Curta e Compartilhe:
error