Conferências regionais debatem os Direitos da Pessoa Idosa e a Saúde em Alegre

Foto: Internet.

Durante esta semana o município de Alegre tratará em duas importantes Conferências Municipais o Direito da Pessoa Idosa e a Saúde como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS. Os eventos serão marcados por debates, palestras e formação de grupos para discutirem as temáticas propostas pelos eixos trabalhados. As conferências são abertas ao público que tiver interesse em participar.

A Etapa Municipal da Conferência de Saúde é o principal espaço democrático para a construção de políticas públicas de saúde para o município. Com a participação de toda a sociedade civil e representantes do governo, o amplo fórum de debates é organizado com a finalidade de avaliar, planejar e sugerir ações e diretrizes que melhorem a qualidade dos serviços de saúde pública, proporcionando melhor qualidade de vida para toda a população.  

A Conferência será realizada na próxima quinta-feira (28), na Câmara Municipal de Alegre, de 8h às 13h e todos estão convidados a participar.

Trabalhando a temática “Os desafios de envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”, a V Conferência Regional dos Direitos da Pessoa Idosa, que será realizada na próxima sexta-feira (29), no Centro de Pastoral, em Alegre, tratará de explanar as atividades desenvolvidas nos polos da região do Caparaó para o atendimento ao Idoso, e também propor novas ações.

Conforme informação da coordenadora da Terceira Idade de Guaçuí, Renata Salles, o município estará presente no evento e é responsável por levar quatro técnicos que irão apresentar eixos dos debates que vão acontecer na conferência, que irá começar às 8 horas e seguirá até as 17 horas. “E vamos levar nossos idosos do Centro de Convivência da Terceira Idade para participarem das palestras e debates, além do nosso coral que fará uma apresentação”, adianta Renata.

Os quatro eixos que serão apresentados por Guaçuí serão: 1) Direitos fundamentais na construção/efetivação das políticas públicas – subeixos: saúde, assistência social, previdência, moradia, transporte, cultura, esporte e lazer; 2) Educação: assegurando direitos e emancipação humana; 3) Enfrentamento da violação dos direitos humanos da pessoa idosa; 4) Os Conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.

As Conferências apresentarão seus representantes que participarão das etapas Estaduais e possivelmente da etapa Nacional.

Siga, Curta e Compartilhe:
error