Você está aqui: Principal Cidades Comissão de Obras e Serviços Públicos da Câmara de Guaçuí questiona denúncias sobre Unidade Frigorífica Regional

Últimas Notícias

Últimas Notícias

Cidades

Ao Vivo

Ao Vivo
Ouça ao vivo
Ou sintonize
WinampWindows Media PlayerReal PlayerQuick Time

App 90.5 FM

Baixe nosso app para Iphone Baixe nosso app para Android

Comissão de Obras e Serviços Públicos da Câmara de Guaçuí questiona denúncias sobre Unidade Frigorífica Regional

A Comissão de Obras e Serviços Públicos da Câmara de Guaçuí se reuniu na manhã desta terça-feira (8), com o responsável pelo Frigorífico Regional para pedir esclarecimentos sobre denúncias relacionadas a Unidade. De acordo com o presidente da Comissão, vereador Laudelino Alves Graciano Neto (Laudinho) (PP),  algumas denúncias chegaram até a Câmara de que a Unidade estaria sendo vendida para um empresário de Guaçuí, pelo valor de R$ 2,5 milhões.

Em relação a esse fato, o responsável pela empresa que ganhou a licitação para gerenciar o Frigorífico, Clézio Storck, informou que o que existia na verdade era uma parceria e não venda. “Havia conversa com este empresário de uma parceria e não venda. No entanto, essa possibilidade de parceria não existe mais”, garantiu Clézio.

O vereador Laudinho, acompanhado dos vereadores Mirian Soroldoni (PDT) e José Carlos Pereira Leal (Zé Ruim) (SD), que também fazem parte da Comissão, questionou sobre as vistorias do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf). “Há algum tipo de empecilho do Idaf em relação à obra do frigorífico?”, perguntou o vereador.

Em resposta, Clézio disse que não há nada que impede o frigorífico de funcionar, mas que ainda falta uma última vistoria.  “Já fizemos algumas adequações que o Idaf nos pediu, e agora, entre os dias 14 e 18 de maio, o técnico do órgão deverá fazer a última vistoria. Estando tudo certo, ele emitirá um laudo e no dia seguinte será feito um abate experimental. Se as máquinas operarem de acordo com o que determinam as normas, o frigorífico estará liberado para funcionar”, explicou.

Os vereadores Mirian e José Carlos também perguntaram quando o frigorífico vai começar a operar no município. Em resposta, Clézio disse: “Não posso dar uma data certa, porque isso não depende apenas de mim, mas passando pela vistoria e pelo abate experimental, acredito que até o final deste mês de maio a Unidade já estará em pleno funcionamento”, enfatizou.

Demora

A obra foi feita pelo Governo do Estado do Espírito Santo e se arrastou por 12 anos. A Unidade foi inaugurada em junho de 2016. No entanto, segundo as informações do gestor do Frigorífico, a obra precisou passar por algumas modificações para atender as exigências do Idaf e operar dentro da lei.

Segundo Clézio, sua empresa investiu até agora R$1,5 milhão para adequar o frigorífico e deixá-lo pronto para funcionar. “Quando peguei a unidade frigorífica nem planta tinha. Foi preciso atender todas as exigências do Idaf para poder deixar a Unidade do jeito que está”, enfatizou o gestor. O frigorífico atenderá os produtores da região do Caparaó e vai abater bovinos e suínos.

Foto: 90.5 Fm

 

Compartilhar no Facebook

90.5 FMRádio 90.5 FM.

Sua melhor companhia. Entretenimento e informação garantidos 24 horas por dia.
Anuncie com a gente!
A maior audiência no sul do estado.

INSTITUCIONAL

 
 
 
 

NOTÍCIAS

 
 
 
 

ENDEREÇO

Av Espírito Santo, 331 - Centro Guaçuí - ES - CEP: 29560-000 (28) 3553-1619 - Fax: (28) 3553-0308