Você está aqui: Principal Geral

Fazenda vai abrir seleção com 1,3 mil vagas e salários de até R$ 6 mil

Um novo concurso público para o Ministério da Fazenda está mais perto de acontecer. O órgão enviou solicitação para o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) e, nesta semana, a solicitação sofreu cinco novas movimentações. No pedido, o órgão solicita 1.301 vagas de nível médio e superior em diversas áreas. Os salários chegam a R$ 6 mil.

Se aprovado, o pedido depende também da escolha da banca organizadora, que irá elaborar e lançar edital da seleção. Das 1.301 vagas, 904 são para o cargo de assistente técnico administrativo, 257 para o cargo de analista técnico administrativo, 12 para arquiteto, nove para arquivista, 12 para bibliotecário, 53 para contador, 15 para engenheiro, cinco para enfermeiro, seis para psicólogo, seis para pedagogo, e 22 para técnicos em comunicação social.
 
A remuneração varia de R$ 3.953,68 a R$ 6.388,27, já incluindo o vale-alimentação, de R$ 458. Para as vagas de assistente quanto e de analista, os profissionais deverão atuar nas unidades da Receita Federal espalhados pelo Brasil.
 
Já para os outros cargos, não foram divulgados os locais de atuação, mas a previsão é de que os profissionais sejam lotados em Brasília e em São Paulo. O órgão ainda deve lançar mais oportunidades distribuídas entre seus órgãos vinculados, como a Receita Federal, o Tesouro Nacional, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, a Comissão de Valores Mobiliários, entre outros.
 
Vale lembrar que a solicitação não vai depender da verba de R$ 411 milhões destinada para concursos de órgãos federais para o ano que vem, uma vez que o pedido foi feito ainda este ano, e o pedido é para reposição de vagas.
 
Última seleção
 
Em seu último edital, lançado em 2014, o Ministério contratou 1.026 novos profissionais e, destes, 14 vagas foram para o Espírito Santo. A seleção foi feita por meio de prova objetiva com 70 questões de conhecimentos básicos e específicos.
 
A banca organizadora, realizada pela Escola de Administração Fazendária (Esaf) abordou as disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Informática, Atualidades, gestão de pessoas e do atendimento ao público, ética do servidor na administração pública, administração pública brasileira, e regime jurídico dos agentes públicos.
 
Vagas são para níveis médio e superior
 
O Ministério da Fazenda solicitou ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), órgão responsável pela liberação de concursos federais, a abertura de um novo concurso público com 1.301 vagas de nível médio e superior.
 
O concurso é para suprir o déficit de funcionários se aposentaram ou estão em condições de aposentadoria. Das oportunidades, 904 são para o cargo de assistente técnico administrativo, 257 para o cargo de analista técnico administrativo, 12 para arquiteto, 9 para arquivista, 12 para bibliotecário, 53 para contador, 15 para engenheiro, 5 para enfermeiro, 6 para psicólogo, 6 para pedagogo, e 22 para técnicos em comunicação social. Os salários variam entre R$ 3.953,68 e R$ 6.388,27. A carga horária não foi divulgada.
 
Último edital
 
Em sua última seleção, em 2014, o órgão contratou 1.026 novos profissionais e, destes, 14 vagas foram para o Espírito Santo. A solicitação não vai depender da verba de R$ 411 milhões destinada para concursos de órgãos federais, uma vez que a solicitação da seleção foi feita neste ano e será parte para reposição de pessoal.
 
Fonte: Ministério da Fazenda
  • Escrito por Jornalismo 90.5 FM
  • Acessos: 635

90.5 FMRádio 90.5 FM.

Sua melhor companhia. Entretenimento e informação garantidos 24 horas por dia.
Anuncie com a gente!
A maior audiência no sul do estado.

ENDEREÇO

Av Espírito Santo, 331 - Centro Guaçuí - ES - CEP: 29560-000 (28) 3553-1619 - Fax: (28) 3553-0308